10/01/2019

Mega acampamento desperta consciência ambiental entre adolescentes

Além de apresentar iniciativas que utilizam energia limpa, evento estima a coleta responsável de 600 toneladas de lixo

Em 2017, os centros urbanos brasileiros geraram mais de 78 milhões de toneladas de resíduos sólidos. Destas, quase sete milhões não foram coletadas, e, consequentemente, tiveram destino impróprio. Da parcela recolhida, cerca de 41% foram despejados em locais inadequados, como lixões, que não possuem estrutura para manejar o lixo de forma a assegurar o meio ambiente e a saúde da população. Os dados são da pesquisa Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil*. Ainda segundo o estudo, cada brasileiro produz, em média, 1kg de lixo diariamente.


Considere-se, então, um conglomerado de 100 mil pessoas durante 13 dias; o cálculo resulta em cerca de 600 toneladas de resíduos. Esse é o montante estimado para o V Campori Sul-americano de Desbravadores, que ocorrerá entre 08 e 20 de janeiro de 2019 no Parque do Peão, em Barretos – SP. Mas, divergindo da realidade geral, o campori tem uma proposta muito mais sustentável: coletar 100% do lixo produzido ali, e destinar à reciclagem tudo quanto possível.


“É um evento para juvenis de 10 a 15 anos, ou seja, cidadãos em formação. Queremos que eles voltem para casa com uma experiência sólida de sustentabilidade, informados e muito mais proativos para a preservação do meio ambiente”, explica Udolcy Zukowski, líder dos Desbravadores em oito países sul-americanos.


No campori, além da coleta seletiva de resíduos, haverá o “banco global”; um espaço para onde o desbravador leva o lixo reciclável e o troca por uma “moeda” exclusiva, que pode ser usada no shopping local. E esta não é a única iniciativa sustentável do evento. A “praça verde” é uma exposição com itens que funcionam à base de energia limpa, com os quais os desbravadores podem interagir e aprender. Alguns deles são:


ÁRVORE FOTOVOLTAICA


Um totem em forma de árvore, cujas folhas gigantes contêm painéis que captam a luz solar e a convertem em energia elétrica. Em sua base, há tomadas para os visitantes ligarem e/ou recarregarem seus eletrônicos. Além disso, um nobreak armazena a energia não utilizada, mantendo as luzes da o acesas durante a noite.


MOCHILA FOTOVOLTAICA


Bastante prática para o dia a dia, a mochila tem em sua parte externa um painel solar que, da mesma forma como na árvore, abastece com energia elétrica uma tomada em seu interior.


LÂMPADA GRAVITACIONAL


Utiliza a força da gravidade para mover objetos, transformando energia potencial em energia cinética. É uma boa alternativa para locais que não têm suprimento de eletricidade.


BICICLETAS DINAMOELÉTRICAS


Lúdicas e funcionais, as bicicletas são acopladas a um dínamo que, conforme o movimento das pedaladas, produz energia por indução magnética. A diversão é garantida pela competição para gerar a maior quantidade de energia no menor tempo.


*Pesquisa disponível em abrelpe.org.br/download-panorama-2017


RESUMO


O QUÊ? V Campori Sul-americano de Desbravadores


QUEM? 100 mil desbravadores vindos de oito países do continente (divididos em duas


edições do evento, com cerca de 50 mil participantes cada)


QUANDO? 08 a 13/01 (primeira edição) - 15 a 20/01 (segunda edição)


ONDE? Parque do Peão, Barretos – SP


 


DESBRAVADORES? CAMPORI? O QUE É ISSO? Entenda em http://adv.st/releasecamporigeral


 


O QUE O CAMPORI FARÁ POR BARRETOS? Saiba em http://adv.st/releasecamporifeiras


 


ASSESSORIA


Vanessa Arba | (61)981513122 | imprensa@adventistas.org


Felipe Lemos | (61)981211723 | imprensa@adventistas.org


 

Veja também...