Ir direto para o conteúdo

Rodeio júnior

Em 2009 cerca de 125 garotos com idade entre 16 e 17 anos buscaram dentro da maior festa de Peão da América Latina um lugar no disputado mundo do rodeio. Criado há 23 anos, o rodeio júnior barretense é um ponto de referência para todos os garotos que sonham um dia em se tornar ídolos do rodeio mundial, e o único no Brasil a reunir garotos com idade a partir dos 16 anos.

Bi-campeão do rodeio Junior, Delmo Roberto Mendes, da cidade de Barretos, foi o primeiro competidor a se consagrar campeão do rodeio Junior, conquistando pela segunda vez o titulo no ano seguinte.

Nomes como Emerson Leonardo, da cidade de Ouroeste (SP), Rafael Padilha, de Bauru (SP), Rogério Freitas, de Aparecida do Taboado (MS), Danilo Tristão, de Conceição das Alagoas (MG) e Marco Antonio Draguiroli, de Populina (SP), são alguns campeões que iniciaram carreira no rodeio mirim e atualmente participam do rodeio profissional com os melhores peões do país e acumulam em seus currículos motos, carros e vários outros prêmios.

O rodeio júnior é dividido em três etapas: na primeira etapa 125 peões, disputam durante cinco dias uma eliminatória que irá classificar 25 peões para o último sábado da festa. Já no domingo, mesmo dia em que acontece a grande final, dez peões júnior disputam a grande final, que distribui cerca de R$5 mil entre os finalistas.

A modalidade touro júnior tem duração de seis segundos.

ATENÇÃO: É proibida a entrada portando bebidas, armas de fogo, armas brancas, ou objetos cortantes.